Diário de escrita — A Bela e a quase Fera #3

28 de outubro de 2021 - Regiane Silva

Diário de escrita — A Bela e a quase Fera

05/08/21 (capítulo16)

Acredito que nunca me estressei tanto com uma história como tenho me estressado esses dias. Novamente, o enredo foi alterado e acredito que, agora, tomei o caminho certo.

Na verdade, percebi algo muito importante. Inconscientemente coloquei obstáculos pessoais na trama, que na minha vida ainda não foram resolvidos, devido a isso não consigo resolvê-los na história. Após enxergar o problema, os removi e acredito que vou conseguir andar com os capítulos.

Pensei que seria muito fácil reescrever A Bela e a quase Fera, porque como fanfic foi muito tranquilo e os personagens não me deram trabalho algum. Contudo, estou exigindo uma perfeição que não existe. Senti que decepcionei os leitores da fanfic – ninguém disse nada, apenas coloquei isso na cabeça e não consigo tirar – e agora quero tudo perfeito para o livro.

Somente quando eu me desapegar dessa “perfeição” que conseguirei enxergar a história como algo bom novamente.

07 a 10/08/21 (Capítulo 17 e 18)

Após sofrer horrores com os capítulos anteriores, finalmente encontrei paz na escrita da história. Com o restante do enredo definido, estou escrevendo entre suspiros apaixonados esses dois capítulos.

A história terá mais capítulos do que a versão original, mas ainda não sei a quantidade certa, dado que varia muito conforme escrevo. Tem vez que acredito que minha ideia será suficiente para um capítulo, mas quando começo a escrever ela acaba se estendendo para o próximo, então não tenho como garantir uma quantidade fixa.

É exatamente essa incerteza na hora de escrever que eu amo, porque simplesmente as palavras e ideias vão surgindo, meus personagens ganham vida e decidem o caminho que devo seguir. São eles que mandam em mim e não o contrário.

Estou me apaixonando novamente pela história. Aprendi uma grande lição ao me dar conta que não devo escrever quando não estou em um momento bom, porque sei que passarei a questionar tudo de uma maneira não saudável, chegando ao ponto de odiar tudo que eu criar.

18/08/21 Final!

É com a mente cansada e ansiosa que finalizo o livro. Eu deveria estar muito feliz e animada com o término, mas me sinto meio estressada e em um nível de ansiedade absurdo por querer revisá-lo nesse instante.

Estou me policiando para não fazer isso, pois, preciso de uma pausa para limpar a mente e poder ler tudo com calma, após todo o trabalho que tive para escrever os capítulos finais.

Entretanto, me sinto realizada por ver mais um trabalho concluído.

Sinto aquela dorzinha no coração que tive da primeira vez que escrevi a versão fanfic. Parece que estou me despedindo de amigos que não verei mais. Amo meus personagens e mesmo sabendo que os verei novamente (tenho planos para a história), não é o suficiente para fazer esse sentimento diminuir.

Gostaria de finalizar o diário de escrita animada e cheia de palavras bonitas, mas não é assim que me sinto no momento. Apenas posso dizer que, dessa vez, estou satisfeita com a história e feliz por terminar. Talvez, daqui a alguns dias, bata a felicidade gritante. Por enquanto, sigo tentando desacelerar.

Postagem feita por:

Foto Regiane Silva Regiane Silva

Deixe um comentário para motivar a autora

O seu endereço de e-mail não será publicado.