Resenha literária — O escândalo da estação de Sophie Gee

28 de julho de 2021 - Regiane Silva

Confesso que quando comprei esse livro o que me chamou atenção em primeiro lugar foi a bela capa e o fato da história se passar no século XVIII na Inglaterra.

Assim que comecei a ler fui fisgada pelas primeiras páginas e li todas as 380 em 4 dias. Sophie Gee conseguiu me prender a história devido à narrativa envolvente, sedutora e cheia de mistérios.

No começo tive muita dificuldade em me simpatizar com Arabella que foi apresentada como uma jovem fútil e interesseira, mas com o passar dos capítulos ela ganhou meu coração me fazendo ter raiva devido ao que acontece com ela no final, visto que estamos falando do século XVIII e as mulheres não eram valorizadas como seres humanos com sentimentos.

Apesar de ser óbvio o resultado desse romance secreto, o final me pegou de surpresa e eu não esperava algumas atitudes dos personagens.

O livro conta com a participação de Alexander Pope, o renomado poeta, uma figura real que se tornou um personagem muito cativante para quem eu torcia muito. A narrativa nos traz dados reais e fictícios da vida dele, o que me fez amar o livro logo no começo.

Enquanto fazia essa resenha me deu vontade de ler novamente de tão rico em cultura, detalhes e história que ele é.

Você já leu O escândalo da estação?

Sinopse

Sophie Gee, jovem, bela e brilhante professora de Princeton, conseguiu transformar seu vasto conhecimento acadêmico em um saboroso romance, que ganhou grande destaque na imprensa estrangeira. Ambientando na Londres do século XVIII, O ESCÂNDALO DA ESTAÇÃO é um livro sofisticado e sensual, inspirado em fatos que resultaram numa das mais célebres sátiras do cânone literário inglês.

A autora conta a história da sedução da bela e inteligente Arabella Fermor pelo charmoso barão Robert Petre. A jovem está à procura de um marido com muitas posses, mas sabe muito bem as consequências que um affair proibido pode causar à própria reputação. Seu objeto de desejo também não está livre de problemas: o barão se envolve na conspiração jacobita contra a rainha Ana, consciente de que será levado à forca caso seja descoberto. O romance entre Arabella e Robert e o consequente desenlace baseiam-se em uma história verídica, abafada à época em razão do escândalo que poderia causar.

Observando atentamente as aventuras do casal encontra-se Alexander Pope, o poeta corcunda destinado ao posto de grande gênio de sua época. Pouco tempo antes, ele deixara o interior e seguira para Londres em busca de fama. Se fracassasse, estaria fadado a morrer na miséria. Mas se conseguisse uma história interessante o bastante para inspirar um novo poema, poderia alcançar o tão almejado sucesso.

Postagem feita por:

Foto Regiane Silva Regiane Silva

Deixe um comentário para motivar a autora

O seu endereço de e-mail não será publicado.